Última hora

Última hora

Papa diz que preservativo não é solução na luta contra a sida

Em leitura:

Papa diz que preservativo não é solução na luta contra a sida

Tamanho do texto Aa Aa

Num continente onde 25 milhões de pessoas morreram de sida desde o início dos anos 80, o Papa voltou a dizer não ao preservativo.

Bento XVI iniciou, na terça-feira, uma visita de uma semana a África, tendo sido recebido, em delírio, por dezenas de milhares de camaroneses. “O problema da sida não pode ser resolvido apenas com dinheiro, mesmo que este seja necessário, não pode ser resolvido com a distribuição de preservativos. A distribuição só aumenta o problema”, afirmou o Sumo Pontífice. O vice-presidente da Fundação Africana para a Medicina e Investigação não pensa da mesma maneira. “Embora a Igreja tenha todo o direito de expressar a sua opinião, do ponto de vista médico, social, profissional, do desenvolvimento da saúde, as organizações não-governamentais têm o direito de continuar a falar das soluções técnicas mais apropriadas aos problemas das pessoas”, realçou Tommy Simmons. Dos Camarões, o Papa segue para Angola, naquela que é a primeira visita de Bento XVI ao continente africano.