Última hora

Última hora

Renasce a esperança na ilha de Madagáscar

Em leitura:

Renasce a esperança na ilha de Madagáscar

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de dois meses de um braço-de-ferro entre o ex-presidente Rajoelina e o líder da oposição, que se saldou por mais de 130 mortes, entre os habitantes de Antananarivo, parece renascer a esperança de que Madagascar retome a sua vida normal.

“Eu estava muito preocupada, mas as pessoas estão muito contentes porque o objectivo foi atingido e Andry está no lugar que merece”, afirma uma mulher “Eu acho que foram feitas muitas coisas pelo antigo presidente, mas claro que ele cometeu também muitos erros. O que podemos esperar para o futuro é que este país descubra os méritos da democracia e da luta contra a corrupção”, deseja outro cidadão. Madagáscar, onde o rendimento médio é de cerca de dois dólares por dia deposita enormes expectativas nesta nova fase política do país, e no plano de luta contra a pobreza apresentado pelo novo presidente.