Última hora

Última hora

Scheffer pede mais quatro mil soldados para o Afeganistão

Em leitura:

Scheffer pede mais quatro mil soldados para o Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Mais quatro mil soldados são as necessidades da NATO para garantir a segurança das eleições no Afeganistão.

Foi o secretário-geral da organização quem o afirmou esta manhã em Cabul. A NATO tenta convencer os aliados a enviar mais tropas para o país daqui até ao Verão. Por razões de segurança as eleições foram adiadas para o dia 20 de Agosto apesar de a constituição prever a realização do escrutínio nos 30 dias que antecedem o fim do mandato presidencial. O mandato do presidente Hamid Karzai expira no dia 21 de Maio. “A coligação da ISAF e os aliados da NATO farão tudo o que puderem para prevenir a perda de vidas inocentes. Cada baixa civil será uma demais e eu serei o primeiro a pedir desculpa”, disse Jaap de Hoop Scheffer. Os Estados Unidos têm actualmente no país 38 mil soldados e Obama prometeu a chegada de mais 17 mil até ao Verão. Quanto ao contingente da NATO, do qual a Grã-Bretanha, Alemanha, França, Canadá e Itália são os maiores contribuidores, não se sabe ainda de onde virá o reforço. A Alemanha promete mais 600 homens e a Polónia mais 400, mas a França, por exemplo, recusa-se a ampliar o seu contingente militar.