Última hora

Última hora

Luxemburgo, Áustria e Bélgica não vão estar em lista negra

Em leitura:

Luxemburgo, Áustria e Bélgica não vão estar em lista negra

Tamanho do texto Aa Aa

O Luxemburgo, a Áustria e a Bélgica, os três países da União Europeia que praticam o sigilo bancário, obtiveram na quinta-feira durante a cimeira europeia a garantia de que não vão figurar na lista negra de paraísos fiscais.

O debate na cimeira foi intenso com a Alemanha a liderar as pressões para o levantamento do sigilo bancário. O ministro das finanças do Luxemburgo comentou: “devemos regressar a um tom que não é ditado pelo tamanho de um estado mas sim pelo bom relacionamento que é necessário para encontrar uma solução para a crise económico-financeira”. O tema dos paraísos fiscais e do sigilo bancário provocaram mesmo um azedar das relações entre a suíça e a Alemanha. Depois do ministro das Finanças alemão, Peer Steinbruck, ter comparado os paraísos fiscais aos índios que fogem da cavalaria, um deputado suíço disse que o dirigente alemão assemelha-se a um Nazi. Steinbruck denunciou que tem recebido cartas ameaçadoras oriundas da suíça que o qualificam, justamente de Nazi.