Última hora

Última hora

Suíça, Áustria e Luxemburgo fora de lista negra de paraísos fiscais

Em leitura:

Suíça, Áustria e Luxemburgo fora de lista negra de paraísos fiscais

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia decidiu retirar a Suíça, a Áustria e o Luxemburgo de uma lista negra de paraísos fiscais que inclui outros países.

Os países em causa cederam à pressão da UE e dos Estados Unidos e decidiram flexibilizar as regras de sigilo bancário. O ministro das Finanças e chefe do Governo luxemburguês veio entretanto negar que as políticas de sigilo tenham qualquer ligação com a crise global: “Imaginemos que a Suíça, a Áustria e o Luxemburgo há seis meses, um ano, não tinham o segredo bancário. Pensam sinceramente que a crise seria menos grave? Não há qualquer relação de causalidade entre o segredo bancário e a crise económica financeira.” A pressão europeia sobre o grupo de paraísos fiscais foi uma iniciativa sobretudo de Berlim, Paris e Londres que resultou numa promessa de cooperação em matéria de informação bancária por parte dos governos luxemburguês e austríaco. Andorra foi outro dos territórios pressionados e a Bélgica anunciou mesmo que vai banir o sigilo bancário já a partir de 2010.