Última hora

Última hora

Eleições tranquilas podem colocar Macedónia a caminho da UE

Em leitura:

Eleições tranquilas podem colocar Macedónia a caminho da UE

Tamanho do texto Aa Aa

Os olhares europeus estiveram centrados na Macedónia este Domingo. O país viveu eleições presidenciais e autárquicas cruciais para finalmente encetar as negociações de adesão à União Europeia.

Na corrida à chefia de Estado estão 7 pretendentes. O favorito à vitória, mas sem maioria absoluta, é Gjeorgy Ivanon da formação no poder Organização Revolucionaria do Interior. Os principais rivais são o social-democrata Ljubomir Frckovski e o líder do Nova democracia, o albanês moderado, Imer Slemani. À uma da tarde a taxa de participação era de 26 %, de acordo com a comissão eleitoral. Bruxelas exigiu que as eleições decorressem num ambiente de tranquilidade para dar início às negociações de adesão do país que é candidato oficial ao clube europeu desde 2005. Conflitos étnicos no último escrutínio mancharam a imagem de maturidade política do país.