Última hora

Última hora

O Paquistão terá virado a página de mais uma crise

Em leitura:

O Paquistão terá virado a página de mais uma crise

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Supremo Tribunal do Paquistão, Iftikhar Chaudhry, destituído em 2007 pelo regime militar de Pervez Musharraf foi reintegrado nas suas funções sob aclamação popular.

Advogados e representantes de vários sectores da sociedade civil compareceram em massa numa cerimónia em frente à residência do magistrado, tornado um ícone da democracia do país. O regresso do juiz era exigido pelos advogados e partidos da oposição em nome de uma justiça independente. Este domingo, o primeiro-ministro Yousuf Raza Gillani e o líder da oposição, Nawaz Sharif anunciaram a cooperação e o fim dos desentendimentos. O governo terá cedido reintegrar o presidente do supremo tribunal e quase uma centena de magistrados face a receios da eclosão de violência nas ruas em consequência dos protestos populares em massa verificados nas ruas. O presidente do Paquistão Asif Ali Zardari estaria reticente em fazer regressar o juiz devido ao eventual receio do levantamento da imunidade concedida a Pervez Musharraf e à consequente amnistia dada ao actual chefe de Estado, acusado de corrupção.