Última hora

Última hora

ONU acusa Israel de "ofensiva ilegal" em Gaza

Em leitura:

ONU acusa Israel de "ofensiva ilegal" em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

A ONU acusa Israel de ter desencadeado uma ofensiva ilegal em Gaza.

Várias organizações têm acusado Israel de crimes de guerra durante o ataque ao enclave palestiniano. Telavive afirma que fez tudo para poupar os civis e que está a investigar situações pontuais de abuso. Esta segunda-feira, em Genebra, o relator do Conselho dos Direitos Humanos da ONU, Richard Falk, não poupou críticas à actuação do Tsahal: “O balanço global de mortos: 1434 do lado palestiniano, 13 do lado israelita. Isto mostra o carácter unilateral da ofensiva e constitui uma base para questionar a legalidade de um assalto militar com armamento moderno contra uma sociedade que no essencial não tem meios de defesa”. Uma ONG israelita acusou o exército de ter violado a ética médica durante a ofensiva. Uma habitante de Gaza conta que o marido morreu depois de ter sido privado de ajuda médica: “O meu marido ficou ferido. Pedi aos socorros para virem mas disseram-me que não podiam vir porque os israelitas iriam disparar contra eles. Ele não recebeu ajuda e morreu ao fim de três dias” Telavive alega por seu turno que o Hamas usou veículos e uniformes médicos para camuflar actos terrorristas.