Última hora

Última hora

Extrema-direita manifesta-se na maior cidade árabe israelita

Em leitura:

Extrema-direita manifesta-se na maior cidade árabe israelita

Tamanho do texto Aa Aa

Uma manifestação convocada pela extrema-direita israelita degenerou esta manhã em violência em Umm al-Fahm, no Norte do país.

A cidade que alberga a maior comunidade árabe israelita tinha decretado uma greve geral em protesto contra a marcha, autorizada pelo supremo tribunal israelita. Cerca de uma centena de militantes da direita religiosa, que vai integrar o próximo governo de coligação, apelaram à lealdade ao estado hebraico, escoltados por mais de 2500 polícias. A marcha terminou em cenas de violência entre polícia e habitantes. Três árabes israelitas foram detidos e pelo menos 28 pessoas ficaram feridas, entre as quais um polícia e um deputado de esquerda. Os habitantes da cidade tinham apelado aos partidos de esquerda a juntarem-se a uma contra-manifestação não autorizada, dispersada pela polícia com canhões de água e gás lacrimogeneo.