Última hora

Última hora

Defesa: Merkel estende mão à Rússia

Em leitura:

Defesa: Merkel estende mão à Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Em vésperas da cimeira da NATO, a chanceler Angela Merkel propôs que sejam establecidas consultas regulares entre russos e europeus sobre questões de defesa tendo em vista o melhoramento de relações. “A NATO quer que a Rússia seja um parceiro válido. Há vinte anos que acabaram as hostilidades e a guerra fria”, declarou.

O presidente russo, Dmitri Medvedev, desloca-se à Alemanha a 31 de Março para conversações com a Merkel por ocasião do G 20, 3 e 4 de Abril, altura em que a NATO celebra 60 anos de existência. A chefe do governo alemão afirmou que “nos dias que correm o Afeganistão é o maior desafio para a Aliança Atlântica e esse país não deve representar uma ameaça para o mundo. Mas não deve haver ilusões porque o sucesso só é possível se a a NATO investir muito da sua força a par com uma estratégia coerente de estabilização do país”. As eleições presidenciais no Afeganistão, que se realizam a 20 de Agosto poderão ser já o primeiro grande teste para a eficácia do trabalho desenvolvido pela Organização. A NATO vai enviar mais soldados para reforçar a segurança antes, um reforço de quatro batalhões que poderá representar entre 2.500 e 4.000 elementos.