Última hora

Última hora

Manifestação em Kiev contra presidente da câmara

Em leitura:

Manifestação em Kiev contra presidente da câmara

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de três mil pessoas manifestaram-se esta manhã em Kiev para exigir a demissão do presidente da câmara da cidade Leonid Chernovetsky.

O protesto, convocado pelos principais partidos socialistas e liberais, surge num momento em que o edil conservador se prepara para triplicar os impostos municipais. Chernovetsky é um aliado do partido pró-russo das regiões, acusado no passado de corrupção. Vários deputados regionais exigiram mesmo um exame psicológico ao edil. Uma manifestante afirma, “ter vergonha da política do presidente da câmara e da administração regional”. A manifestação foi acompanhada por uma paralisação geral dos transportes públicos, escolas e serviços médicos privados, contra o aumento das tarifas nos sectores. Um representante dos empresários aifrma que, “a crise alastra ao longo da Ucrânia”, exigindo, “um novo governo para o país”. Os protestos na capital surgem num momento em que a situação económica da Ucrânia obrigou o executivo a recorrer ao FMI. A primeira-ministra Youlia Timoshenko exigiu uma mudança na Constituição para reforçar o poder do Parlamento, face ao contestado presidente e ex-companheiro da revolução laranja Viktor Youshenko. Para a oposição pró-russa, a solução para a crise passa pela convocação de eleições antecipadas.