Última hora

Última hora

PE quer cortar ajudas a Espanha por causa dos abusos urbanísticos

Em leitura:

PE quer cortar ajudas a Espanha por causa dos abusos urbanísticos

Tamanho do texto Aa Aa

“Desenvolvimento insustentável” é como o Parlamento Europeu classifica o crescimento urbanístico espanhol. Os deputados manifestaram-se mesmo favoráveis a congelar os fundos comunitários de coesão, se a Espanha não resolver o problema dos “abusos urbanístico”. Isto mesmo ficou estabelecido num relatório sem valor vinculativo, aprovado por larga maioria – mesmo se os conservadores espanhóis votaram contra e os socialistas se abstiveram.

O Parlamento acusa o país de ter entrado numa onda de “corrupção endémica” e pede a suspensão de todos os novos planos urbanísticos que não respeitem rigorosamente os critérios europeus de sustentabilidade ambiental ou não garantam o direito à propriedade. A Greenpeace que há muito acusa o desrespeito das regras comunitárias, sobretudo no litoral espanhol, acolheu bem a iniciativa do Parlamento. Mesmo se ela não vai solucionar todos os problemas, a organização ambientalista espera que contribua para lhes pôr um travão.