Última hora

Última hora

Medvedev quer fim da operação antiterrorista na Chechénia

Em leitura:

Medvedev quer fim da operação antiterrorista na Chechénia

Tamanho do texto Aa Aa

A Chechénia verá em breve oficializado o regresso à normalidade. Dmitri Medvedev disse que chegou o momento de pôr fim à “operação antiterrorista” lançada pelas forças russas na república do Cáucaso em 1999.

A decisão será examinada na terça-feira pelo Comité Nacional Antiterrorista, em Moscovo. O presidente russo considera que “a situação na Chechénia foi essencialmente normalizada. A vida regressa ao normal, com a reconstrução e a resolução de problemas sociais. É, portanto, necessário estudar a questão do regime de operação antiterrorista em vigor no território (…) e tomar as medidas necessárias”. O Comité deverá “fazer propostas ao Governo para pôr um ponto final” às medidas adoptadas na Chechénia. O fim da operação significará a retirada de mais de 20 mil soldados russos da república do Cáucaso. O Kremlin lançou a acção militar em território checheno em Outubro de 1999, depois de ataques de milícias independentistas contra a vizinha república russa do Daguestão e de vários atentados mortíferos em território russo. Os combates de grande envergadura terminaram em 2002, mas ainda persistem actividades de guerrilha tanto na Chechénia, como no Daguestão e na Inguchétia.