Última hora

Última hora

Pré-acordo para coligação histórica entre socialistas e conservadores no País Basco

Em leitura:

Pré-acordo para coligação histórica entre socialistas e conservadores no País Basco

Tamanho do texto Aa Aa

O Partido Socialista do País Basco concluiu um pré-acordo com o Partido Popular espanhol para a formação de um governo regional. Uma coligação de formações opostas no plano nacional que, a confirmar-se, vai pôr fim a 30 anos de governação dos nacionalistas moderados.

A direita conservadora obterá a presidência do Parlamento regional enquanto o líder dos socialistas bascos, Patxi Lopéz, irá dirigir o novo executivo. O Partido Socialista Basco obteve a segunda posição nas eleições do início do mês mas, em conjunto com o Partido Popular, garante uma maioria absoluta na assembleia regional. Apesar de ter conquistado 30 dos 75 assentos do Parlamento, o Partido Nacionalista Basco dirigido pelo actual chefe do Governo regional, Juan José Ibarretxe, vai ver-se afastado do poder pela primeira vez desde a adopção em 1979 do actual estatuto de autonomia do País Basco.