Última hora

Última hora

Protestos contra encerramento de fábrica da Continental

Em leitura:

Protestos contra encerramento de fábrica da Continental

Tamanho do texto Aa Aa

Hanôver na Alemanha foi palco de um protesto contra o encerramento da fábrica de pneus da Continental naquela cidade. De acordo com os sindicatos, compareceram na manifestação cerca de 5 mil pessoas.

Os representantes dos trabalhadores são contra o encerramento de unidades de produção e defendem o “desemprego parcial”. Michael Deister, sindicalista, lança o alerta: “Estamos todos metidos até ao pescoço e isso aplica-se à Opel, à Volkswagen, à Mercedes, à Bosch, à Thyssen-Krup e também à BMW. Se todas empresas alemãs actuarem como a Continental, a Alemanha afunda-se. Não podemos desistir.” O protesto de Hanôver surge depois de uma manifestação em Paris na quarta-feira. Além da fábrica de alemã, a multinacional tenciona encerrar também a unidade de Clairoix. Ao todo 1900 trabalhadores ficarão no desemprego. Um conselho de vigilância reúne-se esta sexta-feira na Alemanha para debater, entre outras coisas, o encerramento das duas fábricas.