Última hora

Última hora

UE apoia plano norte-americano para o Afeganistão

Em leitura:

UE apoia plano norte-americano para o Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Foi no antigo castelo familiar de Hluboka nad Vlatouv que o ministro dos Negócios Estrangeiros checo, Karel Schwarzenberg, recebeu os seus pares. Foi pois no monumento do século XIII que os Vinte e Sete discutiram a política externa do século XXI.

Os ministros instam o governo de Israel a aceitar a solução dos dois Estados, para levar a bom porto o plano de paz no Médio Oriente. E reafirmam a necessidade de estreitar laços com a Síria, que desde 2004 espera para assinar um acordo de associação com a Europa. Quanto ao Afeganistão, Javier Solana, chefe da Diplomacia dos Vinte e Sete, é claro: “Actualmente temos nove missões em três continentes, com mais de cinco mil pessoas no terreno. E é nessa direcção que vamos continuar. Assumimos o compromisso de continuar no Afeganistão.” Os Vinte e Sete apoiam, pois, o plano norte-americano para pôr fim ao Estado de insurgência no Afeganistão e estão mesmo dispostos a enviar mais tropas para o terreno. Quanto à cimeira da Parceira para o Leste, agendada para o dia 7 de Maio, os Vinte e Sete ainda não decidiram se vão ou não convidar o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko.