Última hora

Última hora

Brown e Bachelet rejeitam proteccionismo e pedem medidas concretas contra a crise

Em leitura:

Brown e Bachelet rejeitam proteccionismo e pedem medidas concretas contra a crise

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico e a presidente chilena apelaram aos líderes mundiais para rejeitarem o proteccionismo e tomarem acções concretas para ultrapassar a crise financeira global.

Michelle Bachelet acolhe este fim-de-semana em Viña del Mar a “cimeira dos progressistas”. Gordon Brown apelou aos governantes mundiais de centro-esquerda reunidos na costa chilena a “redefinirem as regras do jogo”. Brown diz que “não podemos ter um Fundo Monetário Internacional que lida simplesmente com a balança de pagamentos e a crise em países isolados. Isso era o Velho Mundo. É preciso um novo FMI que lida com a concorrência global e não local, com os fluxos internacionais de capital e com economias abertas e globais e não as economias protegidas do passado. É preciso reformar o FMI”. A Cimeira dos Progressistas, realizada pela primeira vez em 1999 por iniciativa do então presidente norte-americano Bill Clinton, acontece a poucos dias do encontro do G20, agendado para a próxima quinta-feira em Londres.