Última hora

Última hora

Fini diz que Povo da Liberdade não existiria sem "lúcida loucura" de Berlusconi

Em leitura:

Fini diz que Povo da Liberdade não existiria sem "lúcida loucura" de Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Gianfranco Fini afirma que o Povo da Liberdade não existiria sem “a lúcida loucura que por vezes parece guiar o primeiro-ministro” italiano.

O presidente da Câmara dos Deputados foi o protagonista do segundo dia do congresso fundador do novo partido, uma fusão da Força Itália de Silvio Berlusconi, da Aliança Nacional de Fini e de outras pequenas formações da direita italiana. Fini explicou que “Berlusconi acreditou no PDL mesmo quando o projecto parecia difícil de realizar”. Voltando a lembrar que a nova formação “não é uma Força Itália ampliada”, Fini acrescentou que “na base da plataforma comum de ideais e valores há um único manifesto, o do Partido Popular Europeu”. O PDL é consolidado oficialmente este fim-de-semana, a pouco mais de dois meses das eleições europeias, agendadas para o início de Junho. O número dois do novo partido frisou ainda a necessidade de reformas constitucionais em Itália e referiu a possibilidade do país caminhar na direcção de um sistema bipartidário, como nos Estados Unidos.