Última hora

Última hora

Milhares de espanhóis em manifestação contra o aborto em Madrid

Em leitura:

Milhares de espanhóis em manifestação contra o aborto em Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas desfilaram em Madrid para protestar contra o projecto de liberalização do aborto orquestrado pelo executivo de José Luiz Rodriguez Zapatero.

Segundo os organizadores, meio milhão de espanhóis participaram na marcha, que teve início junto ao Ministério da Igualdade, onde foi elaborado o projecto-lei. Apesar de não ter o apoio explícito de nenhum partido, a manifestação contou com a presença de vários dirigentes do Partido Popular, principal força da oposição. Este manifestante diz que sempre foi “contra o aborto” e acredita que “a vida começa com a concepção”. Outra defende que “se não dermos importância” ao que classifica de “morte de uma criança pela mão da própria mãe, como vamos levar a sério quando uma pessoa mata outra”. Na opinião deste manifestante, o Governo “quer fazer aquilo que lhe apetece, porque tem o poder, sem consultar a população”. A reforma pretende aproximar a Espanha da maioria dos parceiros europeus – como Portugal -, onde a interrupção voluntária da gravidez é plenamente legal dentro de prazos perfeitamente estipulados.