Última hora

Última hora

Silvio Berlusconi quer poderes reforçados

Em leitura:

Silvio Berlusconi quer poderes reforçados

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano foi eleito para a liderança do Povo da Liberdade, no terceiro e último dia do congresso fundador do novo partido de centro-direita.

Num discurso de uma hora após a votação dos seis mil delegados reunidos em Roma, Berlusconi voltou a defender uma reforma constitucional, insistindo na necessidade de alargar os poderes do chefe do Governo. Il Cavalieri defendeu que “a experiência recente provou que na acção do executivo, o papel do primeiro-ministro é fundamental. Deveria ter mais poderes que, de momento, são inexistentes”. Berlusconi sublinhou a importância das eleições europeias, agendadas para o início de Junho, e mostrou-se optimista face à crise económica. “A primeira missão do Governo”, frisou, “é sem dúvida, hoje e antes de tudo, fazer sair a Itália da crise”. O presidente da Câmara dos Deputados e “número dois” do novo partido, Gianfranco Fini, não assistiu ao discurso de Berlusconi. Uma ausência de relevo, num momento em que a imprensa italiana se interroga sobre a verdadeira coesão do Povo da Liberdade.