Última hora

Última hora

Governo espanhol salva Caja Castilla-La Mancha

Em leitura:

Governo espanhol salva Caja Castilla-La Mancha

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol reuniu-se de emergência este Domingo para aprovar o decreto-lei que coloca a a caixa de aforro Castilla-la-Mancha sob a tutela do Banco de Espanha.

O conselho de administração da Caja Castilla-La Mancha (CCM) foi substituído por três inspectores do banco central. No final do conselho de ministros extraordinário, em Madrid, o governo assegurou que “a caixa cumprirá todas as suas obrigações”. O ministro da Economia, Pedro Solbes, considerou que “o sistema bancário espanhol é sólido” mas não excluiu a possibilidade de o Estado voltar a intervir no sector: “Repito o que disse antes, as caixas de aforro são solventes e o sistema financeiro também. Estou tranquilo em relação às caixas de aforro. Serão completamente imunes no longo prazo? Se continuarmos a ter os problemas de liquidez que vemos hoje, não creio que alguém possa afirmar isso.” Ao contrário de gigantes como o Santander e o BBVA, as caixas regionais em Espanha foram mais afectadas pela crise financeira e pla explosão da bolha imobiliária. Segundo a imprensa espanhola, a CCM terá concedido demasiados empréstimos a promotores imobiliários locais.