Última hora

Última hora

Streiff afastado da Peugeot Citroen

Em leitura:

Streiff afastado da Peugeot Citroen

Tamanho do texto Aa Aa

Após pouco mais de dois anos, Christian Streiff abandona a direcção do grupo PSA Peugeot Citroen.

O afastamento foi despoletado pela família Peugeot, o principal accionista da companhia detendo cerca de 30% das acções. Em Fevereiro passado Streiff obeve do governo francês um pacote de auxílio governamental no valor de 3 mil milhões de euros. Este pacote não impediu contudo o anúncio, passados dois dias, de 3 mil despedimentos. Reagindo ao afastamento, Streiff afirma que equipou o grupo com os elementos necessários para enfrentar a crise. Este sindicalista afirma que Streiff levou a cabo reestruturações muito duras e terá sido por isso que foi afastado uma vez que não produziu os resultados desejados. A direcção do construtor automóvel francês reuniu-se no Domingo e anunciou a substituição de Streiff por Philippe Varin que anteriormente dirigia o grupo siderúrgico anglo-holandês, Corus. Para o novo dirigente, o desafio será definir a política de investimentos assim como estudar possíveis parcerias.