Última hora

Última hora

Protestos pacíficos à margem da cimeira da NATO

Em leitura:

Protestos pacíficos à margem da cimeira da NATO

Tamanho do texto Aa Aa

Como é habitual cada vez que se realiza um encontro importante, os manifestantes reunem-se aproveitando o frenesim mediático. É o que se passa à margem da cimeira da NATO.

Um grupo com trajes de palhaço tentou, sem sucesso, criar uma zona rosa em Estrasburgo, por oposição às zonas vermelhas interditas, instauradas pelas autoridades. Do lado francês, as coisas estão mais calmas do que ontem, com a polícia a manter os manifestantes à distância com canhões de água e gás lacrimogéneo. Perto de meio milhar de pacifistas e militantes de extrema-esquerda continuam mobilizados na cidade e reclamam o fim de do que classificam de uma aliança em crise. Em Baden-Baden, na Alemanha, entre 500 a 800 pessoas tomaram as ruas numa manifestação pacífica. As autoridades esperam hoje e amanhã perto de 25 mil manifestantes nesta cidade e em Kehl. A tensão com as autoridades é grande. Em Estrasburgo, a polícia deteve na quinta-feira cerca de 300 pessoas depois dos protestos terem descambado em violência.