Última hora

Última hora

Sequestrador mata 14 reféns

Em leitura:

Sequestrador mata 14 reféns

Tamanho do texto Aa Aa

Quatorze mortos é para já o balanço do drama vivido, esta sexta-feira, em Birghamton, no estado de Nova York.

Um homem apoderou-se dos escritórios da American Civic Association e fez dezenas de reféns. Depois, em condições não apuradas, desencadeou um tiroteio que matou 13 pessoas e feriu quatro. Um dos feridos está em estado considerado grave. O sequestrador foi encontrado morto, dentro do edifício e tudo indica que se terá suicidado. “Isto está a ser duro para as familias das vítimas que nem sequer são originários deste país. Queremos ter a certeza que, a partir de agora, todo o processo decorra de forma justa e que se respeitem as famílias”, disse o presidente do município As identidades das vítimas não estão ainda totalmente apuradas, mas supôe-se que serão, na sua totalidade, imigrantes. O sequestrador aparentava 40 anos de idade, mas não são conhecimentos mais elementos biográficos. Foram retiradas 37 pessoas, de dentro do edifício. A polícia pensa que o depoimento destas vítimas será fundamental, para esclarecer o que de facto se passou e as motivações do sequetrador. O vice-presidente Joe Biden segui o drama, através de contacto telefónico constante, com o governador do estado de Nova York, David Paterson.