Última hora

Última hora

Turquia veta Rasmussen para a Nato

Em leitura:

Turquia veta Rasmussen para a Nato

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro dinamarquês pode falhar a eleição para o cargo de secretário-geral da Nato.

Um porta-voz da Aliança confirmou que a Turquia vetou o nome de Anders Fogh Rasmussen. Em causa, ainda o diferendo entre o mundo islâmico e a Dinamarca, por causa das polémicas caricaturas do profecta Maomé. Um assunto que marca as divergências entre os membros da Aliança, devalorizadas, por Obama. “Se a NATO se transformar, isso não representa nada. Obviamente, nós estamos a caminhar para definir e clarificar os seus papéis e responsabilidades para o SEC XXI. E o que devemos esperar é um processo de evolução, para o conseguirmos”. A oposição à eleição do dinamarquês pode ser mais vasta. O porta-voz da Aliança falou da Turquia,. mas não confirmou nem desmentiu a oposição de outros países, a Rasmussen. Disse ainda que a cimeira não está obrigada a resolver a questão agora. O mandato do holandês Jaap de Hoop Scheffer termina só em 31 de Julho, portanto, há tempo para se encontrar uma solução. Scheefer quer libertar-se, para, no próximo ano, ir chefiar a política externa da União Europeia. A discussão está em aberto e ainda se acredita que o assunto fique resolvido. Mas o alargamento é outro assunto a suscitar polémica.