Última hora

Última hora

Coreia do Norte lança foguetão da discórdia

Em leitura:

Coreia do Norte lança foguetão da discórdia

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Norte ameaçou e cumpriu. Pyong Yang lançou um foguete que indignou a comunidade internacional. Os norte-coreanos mantêm a versão de que o lançamento destinou-se a colocar em órbita um satélite de comunicações.

A Coreia do Sul, o Japão e o Estados Unidos suspeitam ter sido teste de um míssil de longo alcance com capacidade para chegar ao Alasca. Junto à fronteira sul-coreana, as pessoas estão inquietas. “Estamos preocupados, e questionamos se de facto houve um lançamento. As notícias dizem que sim, por isso estou muito preocupada porque vivemos muito perto da Coreia do norte”, diz uma cidadã. O engenho sobrevoou espaço aéreo japonês, facto que motivou Tóquio a colocar os sistemas militares em alerta máximo. Os Estados Unidos e a Coreia do Sul garantem que a Coreia do Norte não colocou qualquer satélite em órbita enquanto o regime de Kim Jong-il afirma que o lançamento foi um êxito e que o satélite está a funcionar e a difundir canções patrióticas. Seul, Tóquio e Washington pediram uma reunião urgência do conselho de segurança das Nações Unidas.