Última hora

Última hora

Obama defende mundo sem armas nucleares

Em leitura:

Obama defende mundo sem armas nucleares

Tamanho do texto Aa Aa

Obamamania em Praga, onde trinta mil pessoas assisitiram ao discurso do presidente norte-americano contra as armas nucleares.

Na capital da República Checa, Barack Obama defendeu uma cimeira global sobre a segurança nuclear e novas parcerias para prevenir a propagação das armas nucleares. “Os Estados Unidos vão dar passos concretos em direcção a um mundo sem armas nucleares, para pôr fim à mentalidade da Guerra Fria. Vamos reduzir o papel das armas nucleares na nossa estratégia de segurança nacional e vamos tentar convencer os outros a fazer o mesmo. Enquanto estas armas existirem, os Estados Unidos vão manter um arsenal seguro e eficaz para dissuadir qualquer aniversário e garantir a defesa dos nossos aliados, incluindo a República Checa”, Obama sublinhou que enquanto o Irão constituir uma ameaça nuclear, os Estados Unidos vão continuar a desenvolver o escudo anti-míssil, que será instalado na Polónia e República Checa. Um sublinhado efectuado horas depois de a Coreia do Norte ter lançado um míssil, apesar das ameaças internacionais. O presidente norte-americano espera negociar um novo tratado com o intuito de acabar com a produção de materiais cindíveis para armas nucleares. O discurso em Praga aconteceu dias depois de o presidente norte-americano se ter reunido com o homólogo russo. Obama e Medvedev concordaram reabrir as negociações para reduzir as ogivas nucleares.