Última hora

Última hora

Dezenas de mortos do forte sismo abala centro de Itália

Em leitura:

Dezenas de mortos do forte sismo abala centro de Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de mortos no sismo desta noite no centro de Itália. O terramoto de magnitude 6,3 na escala de Richter abalou a região de Abruzzo.

Segundo fontes médicas, contam-se já 27 mortos, entre os quais cinco crianças, mas o número de desaparecidos é elevado, fazendo temer um aumento do balanço. Milhares de edifícios ruiram parcial ou totalmente, deixando milhares de pessoas sem abrigo. Há também centenas de feridos. Eram 3h30 da manhã quando a terra tremeu na região de Aquila, a uma centena de quilómetros a leste de Roma. O epicentro situou-se a escassos cinco quilómetros da superfície da cidade de 60 mil habitantes, provocando sérios danos. Pelo menos dez mil edifícios, incluindo recentes, ficaram total ou parcialmente destruídos e milhares de pessoas sem tecto. Ao narcer do dia, um fluxo importante de pessoas deslocava-se para o hospital de Aquila, onde centenas de habitantes estavam já acampados. Mas o próprio edifício está danificado e foi parcialmente evacuado. Os médicos pediram um hospital de campanha e socorrem as pessoas na rua. Noutras regiões italianas começaram a mobilizar-se equipas de socorro e o governo decretou o estado de emergência. Membros das equipas de socorro, ajudados pela população, escavam os escombros com as próprias mãos em busca de sobreviventes. A protecção civil diz que este é o pior sismo a afectar a península italiana na última década e espera um aumento do balanço de vítimas.