Última hora

Última hora

Sismo arrasa aldeia de Onna

Em leitura:

Sismo arrasa aldeia de Onna

Tamanho do texto Aa Aa

De Onna, aldeia pacata das montanhas de Abruzzo, resta agora uma montanha de escombros. Apenas uma casa de cimento armado resistiu ao abalo. A aldeia desapareceu.

Na povoação moravam cerca de 300 pessoas. As autoridades confirmam 40 mortos, mas suspeitam que o balanço possa atingir 50. A aldeia, a uma dezena de quilómetros de Áquila, estava em pleno epicentro do sismo. Num vai e vem macabro, os sobreviventes contemplam a devastação e queixam-se da falta de ajuda que marcou as primeiras horas após o drama. Uma residente recorda que foi terrível, que tudo tremia, que tudo se desmoronava. A maioria das casas era velha ou renovada, sem defesas face a um abalo de tal magnitude. O sismo destruiu também um rico património histórico. A zona de Áquila acolhia o maior conjunto de construções da Idade Média em Itália.