Última hora

Última hora

Vídeo desmente Scotland Yard

Em leitura:

Vídeo desmente Scotland Yard

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia tinha negado qualquer contacto com o homem que morreu de ataque cardíaco durante o primeiro dia de manifestações contra o G20, mas um vídeo divulgado pelo The Guardian desmente essa versão.

Ian Tomlinson seguia tranquilamente, de mãos nos bolsos, quando a polícia lhe pediu para andar mais depressa. Depois, um agente empurrou-o, projectando-o para o chão. “Estou satisfeita por a Comissão Independente de Queixas da Polícia ter, por ela própria, pedido mais diligências, de forma a realizar a investigação, o mais depressa e minuciosamente possível. E se ficar demonstrada, e eu entendo as preocupações das pessoas, a necessidade de uma investigação criminal, então também terá que ser realizada”, disse a ministra britânica do Interior, Jacqui Smith. Ian Tomlinson, de 47 anos, morreu a 1 de Abril, quando ia para casa. O vendedor de jornais teve um ataque cardíaco, pouco depois do incidente com a polícia.