Última hora

Última hora

Indonésios votam em eleições particularmente complexas

Em leitura:

Indonésios votam em eleições particularmente complexas

Tamanho do texto Aa Aa

Na Indonésia, estão em curso eleições gerais classificadas como as mais complexas do Mundo em termos logísticos.

170 milhões de eleitores de seis mil ilhas escolhem em enormes boletins de voto os representantes locais e os membros do Parlamento e do Senado entre mais de 12 mil candidatos de 44 partidos, 38 de âmbito nacional e seis da província de Aceh. As últimas sondagens dão como favorito nas legislativas o Partido Democrata do presidente Susilo Bambang Yudhoyono, com pouco mais de 25 por cento das intenções de voto. A grande adversária é a formação da ex-chefe de Estado Megawati Sukarnoputri, bastante criticada durante os anos no poder por falhar no combate contra a corrupção. Yudhoyono e Sukarnoputri voltarão a medir forças dentro de três meses, nas presidenciais. Segundo as previsões, as formações islâmicas continuaram a pesar no Parlamento, mas deverão obter em conjunto um resultado abaixo dos 38 por cento conquistados em 2004. Entre os factores de risco do escrutínio estão os recentes episódios de violência nas províncias de Aceh e de Papua. Marcada por um longo sentimento separatista, a ilha de Papua abrir as urnas num ambiente de apelo ao boicote e depois de uma noite onde vários incidentes violentos fizeram seis mortos.