Última hora

Última hora

Avanços da operação anti-terrorista criam polémica sobre sistema britânico de vistos

Em leitura:

Avanços da operação anti-terrorista criam polémica sobre sistema britânico de vistos

Tamanho do texto Aa Aa

Avança o inquérito sobre a operação anti-terrorista no nordeste de Inglaterra. A polícia está a revistar as casas e a analisar as fotografias encontradas. Ao mesmo tempo prossegue o interrogatório das 12 pessoas detidas em Manchester, Liverpool e Clitheroe.

Segundo meios de comunicação britânicos, durante as buscas, a polícia encontrou fotografias de vários locais de Manchester, entre eles, discotecas, centros comerciais e uma famosa praça, que seriam palco de atentados num curto espaço de tempo. As autoridades recusam confirmar a informação. Onze das 12 pessoas detidas, na quarta-feira à noite, têm nacionalidade paquistanesa e a maioria possuía visto de estudante. O que criou uma polémica no país. Chris Grayling, membro da oposição responsável pela pasta do Interior, afirma: “O sistema de vistos para estudantes tem sido usado pelas redes terroristas para fazer entrar pessoas no nosso país, por isso, o sistema tem de ser reforçado. O governo está no poder há uma década, há questões em aberto e há falhas que os próprios ministros reconhecem. É o momento para reforçar o controlo”. Série de acusações também entre o Reino Unido e o Paquistão. Londres exige um reforço da luta contra o terrorismo. Islamabad aponta o dedo ao próprio sistema britânico de vistos.