Última hora

Última hora

Oposição georgiana exige demissão de Saakashvilli

Em leitura:

Oposição georgiana exige demissão de Saakashvilli

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição da Geórgia voltou às ruas para exigir a demissão do presidente Mikhail Saakashvilli. Dezenas de milhares de pessoas juntaram-se frente ao parlamento, em Tbilissi, e prometem fazê-lo todos os dias até o chefe de Estado abandonar o poder.

A oposição acusa Saakashvili de ter perdido a guerra que opôs o país à Rússia em Agosto por causa da Ossétia do Sul, de perseguir opositores, de controlar os meios de comunicação social, de pressionar a justiça e nada fazer face à crise económica. Desde quarta-feira, foram detidos cerca de sessenta membros da oposição. O início dos protestos contra Saakashvili remontam a Novembro de 2007 e apenas foram interrompidos pelo conflito que opôs o país à Rússia, em Agosto do ano passado. O dirigente georgiano aceitou convocar eleições presidenciais, as quais ganhou na primeira volta, sob as acusações de falsificação de resultados.