Última hora

Última hora

Obama optimista prudente face à recuperação da economia

Em leitura:

Obama optimista prudente face à recuperação da economia

Tamanho do texto Aa Aa

Três meses após a sua eleição, Barack Obama reuniu-se ontem com os principais responsáveis económicos do país para fazer um ponto da situação das medidas adoptadas pelo executivo.

O presidente norte-americano afirmou entrever um “raio de esperança” na recuperação da economia do país: “Começamos a ver uma evolução e se conseguirmos manter-nos no bom caminho, penso que vamos conseguir recuperar a nossa economia”, afirmou. Na base do optimismo prudente de Obama estão os mais recentes dados económicos, como o aumento das vendas no sector imobiliário pela primeira vez em sete meses. Uma resposta positiva ao plano de resgate do sector bancário, acompanhado pela recuperação do gigante Wells Fargo, cujo anúncio de 3 mil milhões de dolares de lucros para o primeiro trimestre fez disparar o índice Dow Jones nos últimos dias. Mas os sinais positivos como a desacelaração na queda do consumo, o aumento das exportações e a ligeira recuperação das pequenas e médias empresas, coincidem com um défice orçamental recorde. Os números do desemprego de Maio e Junho deverão ser decisivos para confirmar ou desmentir o optimismo de Obama, num momento em que 8,5% dos norte-americanos encontra-se sem trabalho – o valor mais alto dos últimos 26 anos. Um conselheiro do presidente previa, no entanto, uma ligeira recuperação da economia para meados deste ano.