Última hora

Última hora

Rebocador italiano sequestrado por piratas

Em leitura:

Rebocador italiano sequestrado por piratas

Tamanho do texto Aa Aa

Foi sequestrado mais um barco no Golfo de Aden. Um rebocador com dezasseis pessoas a bordo: dez italianos, cinco romenos e um croata. 
 
O barco, chamado “Buccaneer“  é italiano e não norte-americano, como tinha sido avançado inicialmente.
 
O rebocador foi atacado por piratas quando se encontrava a 60 milhas do Golfo de Aden, entre a Somália e o Iémen.
 
O tenente português Sérgio Carvalho explicou que o rebocador emitiu um pedido de ajuda, mas seis minutos depois as comunicações foram interrompidas.
 
A fragata portuguesa Corte-Real, que integra as missões da Nato de vigilância dos mares da região, estava demasiado longe, para prestar auxílio.
  
Na sexta-feira, um refém francês morreu, durante uma operação das forças gaulesas para libertar a tripulação de um iate sequestrado a 4 de Abril.
 
Dois piratas morreram, três foram capturados e quatro reféns foram libertados.
 
Não se sabe se o refém foi morto no tiroteio entre os piratas e as forças francesas ou atingido pelos sequestradores.