Última hora

Última hora

Berlusconi promete acelerar a reconstrução em L'Aquila

Em leitura:

Berlusconi promete acelerar a reconstrução em L'Aquila

Tamanho do texto Aa Aa

As festividades Pascais decorreram em L’Aquila com a realização de várias missas.

Familiares das vítimas recolheram-se em oração e executam os rituais desta quadra religiosa numa altura em que são já conhecidas as primeiras conclusões do inquérito levado a cabo pelas autoridades italianas para determinarem responsabilidades sobre a má qualidade das construções. O epicentro do terramoto foi registado em L’Aquila, os peritos concluiram que prédios recentes, como o hospital e uma residência estudantil ruiram como um castelo de cartas. O chefe do governo italiano assistiu a uma missa de celebração da Páscoa à saída declarou que se “avança para a segunda fase após o sismo, a fase da avaliação dos estragos causados pelo sismo de forma a que as pessoas fiquem o mínimo de tempo possível nos acampamentos” Uma boa parte dos edifícios que desabaram não obdeciam às regras exigidas para regiões anti-sísmicas. O último balanço da tragédia dá conta de 293 mortos e 1170 feridos, entre os quais 179 em estado grave.