Última hora

Última hora

ETA ameaça futuro governo basco

Em leitura:

ETA ameaça futuro governo basco

Tamanho do texto Aa Aa

O futuro líder do governo basco é considerado um “alvo prioritário” para a organização separatista basca. Num comunicado divulgado hoje pelo jornal independentista GARA, a organização separatista afirma que, “não reconhece qualquer legitimidade ao próximo executivo”, ameaçando o líder designado Patxi Lopez.

O acordo de coligação entre socialistas e conservadores bascos colocou fora do executivo os nacionalistas do PNV pela primeira vez em 29 anos, após as eleições de Março. Um facto que leva a ETA a exigir a unidade dos partidos da esquerda nacionalista, impedida por Madrid de se apresentar ao sufrágio de Março. No comunicado, a organizaçâo recusa-se a baixar as armas, num momento em que as autoridades francesas e espanholas multiplicam as detenções de militantes. Anteontem, o suposto número dois do aparelho logístico da ETA tinha sido capturado em Paris.