Última hora

Última hora

Multidão enfrenta tanques nas ruas de Banguecoque

Em leitura:

Multidão enfrenta tanques nas ruas de Banguecoque

Tamanho do texto Aa Aa

A tensão agrava-se na tailândia na sequência de protestos anti-governamentais.

Os manifestantes apoderaram-se de pelo menos um carro de combate que o exército tailandês tinha enviado para bloquear os acessos ao palácio presidencial em Banguecoque. O primeiro-ministro Abhisit Vejjajiva, principal alvo dos protestos, decretou o estado de emergência na capital e em outras cinco províncias vizinhas. Uma tentativa de conter a escalada de violência que se intensifica de dia para dia. O chefe de Governo terá sido pouco depois forçado a abandonar o ministério do Interior que entretanto foi invadido por uma multidão de opositores, sem grande resistência por parte das forças de segurança. No exterior do edifício o carro do primeiro-ministro foi alvo da fúria de outro grupo de manisfestantes que destruíram o veículo. As câmaras de televisão captaram imagens de um indivíduo que saíu do carro e fugiu protegido por seguranças. Depois de ontem terem conseguido cancelar a cimeira da ASEAN em Pattaya, os “Camisas Vermelhas”, grupo que apoia o regresso do exilado Takhsin Shinawatra, continuam a forçar a queda do actual Governo.