Última hora

Última hora

Instabilidade política ameaça economia tailandesa

Em leitura:

Instabilidade política ameaça economia tailandesa

Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura em que o turismo tailandês começava a recuperar dos efeitos da instabilidade política que o ano passado obrigou ao fecho dos principais aeroportos do país, o espectro da crise volta a pairar sobre o sector.

A associação de operadores turísticos da Tailândia revela que os hoteis perderam 80% dos hóspedes. Por outro lado, alguns países como a Grã-Bretanha a Austrália ou o Canadá aconselharam os seus cidadãos a evitar viagens ao país. No entanto nem todos ficaram convencidos:“Não, eu vou ficar até ao fim das minhas férias. Não vou encurtá-las. Penso que os distúrbios estão a acabar. O Governo tem a situação controlada, julgo que tudo vai voltar ao normal”, afirmou Grant Campbell um turista neozelandês. O clima de incerteza não impediu contudo que centenas de turistas e residentes locais se juntassem esta segunda-feira para o início do festival da água que assinala o ano novo tailandês. “Ainda estou um bocadinho preocupado, estas coisas acontecem, mas para os turistas não tem sido mau”, declarou um cidadão finlandês a passar férias em Banguecoque. As preocupações tambem se estendem ao sector do comércio. A agitação dos últimos dias obrigou ao encerramento de vários centros comerciais na capital. O turismo emprega na Tailândia perto de dois milhões de pessoas e gera anualmente cerca de 15 mil milhões de euros.