Última hora

Última hora

Exército tailandês aperta cerco

Em leitura:

Exército tailandês aperta cerco

Tamanho do texto Aa Aa

O exército tailandês ocupou, na manhã desta terça-feira, toda a zona circundante do Palácio do Governo, no centro de Bangkok.

Uma medida que, aparentemente, pretende manter as manifestações anti-governamentais à distância. Isto, depois de, na segunda-feira, os manifestantes terem incendiado um edifício governamental Mas este reforço da guarda do Palácio pretende também evitar confrontos, como os ocorridos na noite de segunda-feira. Os manifestantes atacaram o exército, com coquetails Molotov e pedras e incendiaram vários autocarros que usaram como barreira, para dificultar os avanços da tropa. A princípio da madrugada, o primeiro-ministro, numa comunicação televisiva, lamentou os incidentes: “Lamento os incidentes e confrontos entre manifestantes e residentes, junto ao Palácio do Governo”, disse Abhisit Vejjajiva. Desses incidentes resultaram dois mortos e dezenas de feridos. Mas o antigo primeiro-ministro, Thaksin Shinawatra, numa entrevista televisiva, disse que o número de mortos é muito maior e que os corpos têm sido retirados das ruas em carros militares. As manifestações começaram a 26 de Março e os “camisas vermelhas” dizem que não desistem, enquanto não conseguirem a demissão do Governo.