Última hora

Última hora

741 milhões de indianos votam nas legislativas

Em leitura:

741 milhões de indianos votam nas legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

A Índia prepara-se para eleger um novo parlamento, o décimo quinto desde a independência. 741 milhões de eleitores votarão em mais de 800 mil mesas de voto. Há mil e cinco e cinco partidos na corrida. O voto decorre em cinco fases até 13 de maio.

Um escrutínio à imagem de uma das sociedades mais complexas do planeta, composta por um mosaico de etnias e castas, num território com dezoito línguas oficiais. Em Março, o Partido do Congresso, que lidera a actual coligação no poder, surgia como favorito mas, neste momento, tudo indica que nenhuma força política conseguirá uma maioria para governar sozinha. Tudo se joga com as alianças pós-eleitorais entre os partidos nacionais e as formações regionais que têm um papel preponderante, já que os assuntos locais determinam tradicionalmente o voto no país. A ameaça terrorista tem sido um dos temas fortes da campanha. Um analista lamenta que os temas sociais tenham ficado de fora: “Infelizmente nenhum partido fala de assuntos essenciais como educação, saúde, energia, habitação e emprego. Ou mesmo na necessidade de relançar a economia que como sabem atravessa um mau período”, considera Dipankar Gupta. No segundo semestre do ano passado, a quebra das exportações indianas colocou no desemprego cerca de um milhão e meio de pessoas nos sectores do artesanato e têxtil. Um abrandamento da economia com pesadas consequências num país marcado por profundas desigualdades sociais e onde metade da população vive com menos de um dólar e meio por dia.