Última hora

Última hora

Sul-coreanos apelam à revolução na Coreia do Norte face à recente escalada de tensão

Em leitura:

Sul-coreanos apelam à revolução na Coreia do Norte face à recente escalada de tensão

Tamanho do texto Aa Aa

Face ao escalar da tensão na Península coreana, activistas sul-coreanos resolveram agir, apelando à revolução no vizinho do norte. Esta manha, lançaram vários balões com panfletos que incentivam os norte-coreanao a pôr fim ao regime de Kim Jong-il.

A Coreia do Norte torna-se cada vez ameaçadora. Pyongyang retirou-se das negociações a seis sobre o programa nuclear, expulsou os observadores da Agência Internacional de Energia Atómica e anuncia a reactivação das instalações nucleares. Os Estados Unidos estão mesmo assim prontos a negociar. Robert Gibbs, chefe do gabinete de imprensa da Casa Branca, afirma : “As negociações a seis oferecem o melhor caminho para a Coreia do Norte. Pedimos à Coreia do Norte que acabe com as provocações, que respeite a vontade da comunidade internacional e cumpra os seus compromissos”. A decisão da Coreia do Norte é a retaliação ao Conselho de Segurança da ONU, que condenou o teste de míssil norte-coreano do dia 5 de Abril. China e Rússia são contra novas sanções e pedem a retoma das negociações, graças a uma maior implicação da administração americana.