Última hora

Última hora

Polícia abortou atentado contra Morales

Em leitura:

Polícia abortou atentado contra Morales

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia boliviana impediu uma tentativa de assassinato do presidente Evo Morales e de outras altas figuras do Estado.

A informação foi revelada pelo próprio Evo Morales, à chegada a Cumaná, no Leste da Venezuela, para a cimeira da ALBA que juntou, entre outros, Hugo Chavez e Raul Castro. Uma reunião onde foram concertadas posições, para a Cimeira das Américas. Segundo Morales, a polícia abateu três mercenários estrangeiros, alegadamente de nacionalidade húngara e irlandesa, e deteve outras duas pessoas. A operação decorreu na cidade boliviana de Santa Cruz. Polícia e mercenários envolveram-se num tiroteio num hotel da cidade. Para além de Evo Morales, o grupo pretendia matar também o vice-presidente e um ministro.