Última hora

Última hora

Protesto contra as biopatentes

Em leitura:

Protesto contra as biopatentes

Tamanho do texto Aa Aa

Os produtores alemães de suinos manifestaram-se, esta quarta-feira em Munique, contra a directiva europeia de biopatentes.

Consideram-na uma aberração que vem acabar com a criação animal tradicional e proteger a grande indústria agro-pecuária. O protesto contou com o apoio das associações ambientalistas, incluindo o Greenpeace e de organizações da Igreja Católica, como a Misereor. A directiva, diz um porta-voz do Greenpeace, é um abuso: “A regulamentação das patentes é um abuso, para controlar a produção dos animais e das plantas e, em parte, para controlar toda a produção alimentar, porque aquilo refere-se por exemplo a carne de porco, ao leite, as vacas etc”. Dois governos estaduais, o da Baviera e de Hessen reconhecem razão aos produtores e já tomaram uma iniciativa, junto da Câmara Alta do parlamento alemão, para que o governo de Angela Merkel exiga a Bruxelas, a revogação da directiva. Junto à sede do Departamento Europeu de Patentes, em Munique, apareceram também representantes da grande indústria, mas não houve incidentes. A directiva, numa situação limite, pode condicionar a produção tradicional do leitão da Bairrada. Tudo, porque a directiva confere competências arbitrárias às entidades reguladoras.