Última hora

Última hora

Tchetchénia festejou fim da operação antiterrorista

Em leitura:

Tchetchénia festejou fim da operação antiterrorista

Tamanho do texto Aa Aa

O dia foi de festa na Tchetchénia com o fim de 10 anos de operação antiterrorista. Em primeiro plano nas celebrações esteve o jovem presidente da antiga república independentista, Razman Kadyrov, que fez questão de mostrar os seus dotes de dançarino.

Kadyrov afirmou em seguida que “os tchetchenos pagaram caro pela paz, pela estabilidade e pelo crescimento. Cada tchetcheno deve estar orgulhoso, deve ter orgulho no fim desta operação anti-terrorista. Isto significa que ganhámos a luta anti-terrorista e o wahabismo. Ganhámos esta luta e restabelecemos a ordem constitucional”, sublinhou. No entanto, há quem questione os motivos que estão por detrás da decisão de pôr fim à operação na Tchetchénia. Oleg Orlov, líder da organização não-governamental “Memorial” refere que “se por um lado o nível de violência baixou no território da República da Tchetchénia, por outro aumentou no Daguestão e na Inguchétia. Tem havido um aumento dramático da violência entre militantes e forças de segurança nos últimos anos e quem mais sofre é a população civil.” Com ou sem violência além-fronteiras, em Grozni o dia foi de festa.