Última hora

Última hora

Obama determinado a mudar as relações com Cuba

Em leitura:

Obama determinado a mudar as relações com Cuba

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos Estados Unidos está disposto a dialogar com Havana sobre vários assuntos, incluindo direitos humanos, uma das primeiras declarações que marcaram a abertura da V cimeira das Américas.

Barack Obama fez saber que não lhe interessa falar só por falar, mas que acredita que as relações com Cuba podem melhorar navegar nos próximos tempos, disse contudo que não espera uma mudança radical de comportamento do regime castrista “de um dia para o outro” – “uma relação que está congelada há 50 anos não vai mudar tão depressa” – mas sublinha que “há um conjunto de medidas que podem ser tomadas pelo Governo cubano e que mostrariam que ele quer mudar o padrão dos últimos 50 anos. Em Trinidade e Tobago, onde decorre o encontro o Presidente norte-americano vai ter uma frente unida de apoio a Cuba, encabeçada pelo seu homólogo venezuelano. Ainda antes do arranque dos trabalhos Hugo Chávez, anunciou o veto à declaração final da cimeira, fosse qual fosse o conteúdo, num gesto em solidariedade com a Cuba do amigo Fidel Castro.