Última hora

Última hora

Denver recorda tragédia de Columbine

Em leitura:

Denver recorda tragédia de Columbine

Tamanho do texto Aa Aa

A população de Denver no Colorado recorda hoje os dez anos do massacre de Columbine.

A 20 de Abril de 1999, dois adolescentes armados mataram doze alunos e um professor numa escola secundária norte-americana antes de se suicidarem. As imagens da tragédia foram transmitidas em directo para o mundo inteiro. Sean Graves é um dos sobreviventes do tiroteio que o deixou numa cadeira de rodas durante anos: “Não foram as minhas lesões mas a forma como lidei com essas lesões e o que me aconteceu antes que fez de mim o que sou hoje”. Todos os anos, Graves recorda os amigos que perdeu. Columbine construiu um memorial com os nomes de todas as vítimas para que a tragédia não caia no esquecimento. O director da escola estava no escritório no dia do incidente: “Sinto-me culpado por ter sobrevivido. Sinto a necessidade de trabalhar para reconstruir a comunidade. A última vez que esses alunos estiveram neste edíficio encontravam-se rodeados de cadáveres e eram reféns em salas de aulas. Estou aqui para dar-lhes apoio”, explicou Frank DeAngelis. O massacre abriu o debate sobre as armas de fogo nos Estados Unidos e a forma de evitar tragédias similares. Mas dez anos volvidos, a legislação pouco evoluiu: possuir uma arma continua a ser um direito garantido pela segunda emenda da constituição.