Última hora

Última hora

Negacionista enfrenta justiça após 15 anos em fuga

Em leitura:

Negacionista enfrenta justiça após 15 anos em fuga

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça austríaca começa hoje a julgar um escritor de extrema-direita acusado de negar o Holocausto e promover a ideologia nazi.

Gerd Honsik de 67 anos já tinha sido condenado em 1992 por ter posto em causa a existência de câmaras de gás mas fugiu para Espanha onde permaneceu durante quinze anos. Madrid recusou a sua extradição por duas vezes alegando que a negação do Holocausto e a propoganda neo-nazi não são ilegais em Espanha mas acabou por entregá-lo à justiça depois de Viena ter emitido dois mandados europeus de captura. O escritor, que nega as acusações, incorre numa pena até vinte anos de prisão. O veredicto deverá ser conhecido na próxima semana.