Última hora

Última hora

Dezenas de milhar de refugiados no Sri Lanka

Em leitura:

Dezenas de milhar de refugiados no Sri Lanka

Tamanho do texto Aa Aa

Os Tigres de Libertação do Tamil não se rendem. Esta foi a declaração de um dos líderes da organização, poucas horas após ter expirado o ultimato dado pelo governo do Sri Lanka.

Cerca de 50 mil pessoas abandonaram já o nordeste do país, a região onde se concentrou o conflito. Segundo a Cruz Vermelha Internacional, a situação é “catastrófica” e o risco de um “banho de sangue” é muito forte. Muitos cingaleses apoiam a acção do exército: “Eu penso que se deve acabar com os tigres. Os nossos soldados estão a lutar bem. Se acabarem com isto ficaremos livres. Podemos viajar sem medo. Podemos viver. Porque com a guerra temos medo”, afirma um homem. “A guerra está quase terminada. Espero que isto chegue ao fim para que o país possa prosperar, se não para nós, para as futuras gerações”, declara outro. Segundo fontes governamentais, os tigres tâmiles estão circunscritos a uma zona de 15 quilómetros quadrados no nordeste do país. Colombo prometeu acabar com a guerrilha que dura há 25 anos. O exército e os rebeldes acusam-se mutuamente de estarem a utilizar populações civis como escudos. Para os cerca de 70 mil residentes da região todos os meios são bons para escapar ao conflito. Os rebeldes falam já de mais de mil mortos. Mas não há, por enquanto, balanço oficial de vítimas.