Última hora

Em leitura:

Escolha dos jovens sul-africanos


África do Sul

Escolha dos jovens sul-africanos

A África do Sul vai eleger o quarto presidente desde o fim do apartheid. No campus universitário de Joanesburgo não se fala de outra coisa: é que esta geração vota pela primeira vez. Apesar de conhecer bem a história do país, a escolha é complexa.

Como afirma um estudante, “o Congresso Nacional Africano, ANC, lutou pela democracia nos últimos 97 anos mas demoraram apenas 15 a destrui-la. Por isso, agora, as pessoas estão confusas.” O que é certo é que a liberdade de voto é um direito a usufruir. Quando o professor de Ciências Políticas lhes pergunta quem vai votar, a resposta é clara, mas quanto a saber em quem, o debate acende-se. “A luta que mantinham está terminada, mas o esquema do partido manteve-se, apesar dos tempos terem mudado”, afirma um estudante. Uma colega constata: “Jacob Zuma (candidato apoiado por Mandela) e as intrigas com a justiça são uma coisa, mas se mandela continuasse no poder a capacidade do Congresso nacional Africano não seria posta em causa”. No poder desde 1994, o ANC continua a ser o símbolo da luta contra a discriminação racial na África do Sul. O líder, Nelson Mandela, pagou-o com muitos anos de prisão. Mas a geração actual não conheceu as leis restritivas do apartheid e os sacrifícios feitos pelos mais velhos para as abolir. Por tudo isto não é muito evidente para os jovens do ANC o que era evidente para a geração anterior. Sabem que, graças ao partido, podem votar, mas a escolha também é maior. “Quero expressar a minha juventude – afirma um rapaz – a minha liberdade. É importante porque, para trás não é caminho, e é este o momento de escolher seja o que for.” Apesar dos escândalos de corrupção e outros, registados no úlltimo ano no seio do ANC, partido mítico e maioritário, a supremacia deve manter-se mesmo com esta brisa de mudança.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Entre aclamação e condenação